Auto Escola Villa Carmela

Ações policiais investigam pontos suspeitos de receptação de fiações furtadas de semáforos

Ações policiais investigam pontos suspeitos de receptação de fiações furtadas de semáforos

A onda de furto a fios de semáforos prossegue em Guarulhos. Depois dos oito pontos do Jardim Presidente Dutra, que já viraram rotina para os ladrões e que estão causando dor de cabeça para os moradores e motoristas que passam pela região, os alvos passaram a ser os equipamentos localizados na região do Jardim Bom Clima. Boletins de ocorrência estão sendo registrados em todos os casos e os policiais já começaram a fazer operações em locais suspeitos de receptação para ver se conseguem identificar algum produto que tenha relação com os furtos.

O prejuízo é grande para o município não apenas pelo material furtado, mas também pelas muitas horas que podem ser contabilizadas com o trabalho e deslocamento dos técnicos da Secretaria de Transportes e Mobilidade Urbana (STMU) de Guarulhos para solucionar os problemas e deixar os equipamentos em operação.

Os locais mais visados pelos ladrões são os semáforos localizados na avenida Papa João Paulo I com a viela Leópolis, ruas Bela Vista do Paraíso, Carlos Drummond de Andrade, Svaa Evans, Muritiba e Rio Real, além das ruas Itaquara, Martinópolis e José Brumatti, na altura da EPG Manoel Bonfim. Todos esses endereços ficam na região do Jardim Presidente Dutra.

No feriado de Corpus Christi o semáforo do cruzamento das avenidas Tiradentes e Comendador Wilson Talarico ficou inoperante pela ação dos ladrões. Antes, na noite do último dia 7, já havia sido furtada a fiação do semáforo das avenidas Tiradentes e Gilberto Dini. Os dois cruzamentos ficam no Jardim Bom Clima.

Além dos fios, que desligam os aparelhos, também são furtadas as botoeiras (que servem para o pedestre interromper o fluxo de veículos e fazer a travessia) e os grupos focais (lâmpadas de sinalização).

Na região do Jardim Presidente Dutra acontecem de dois a três furtos por semana, de forma sequencial, nos oito pontos citados. Imagens de câmera de segurança gravaram as ações criminosas e poderão ser utilizadas nas investigações.