Auto Escola Villa Carmela

Técnica que visualizou estruturas do zika vírus leva Nobel de Química

Técnica que visualizou estruturas do zika vírus leva Nobel de Química

Logo será possível obter imagens dos complexos circuitos da vida em resolução atômica.

O Prêmio Nobel da Química de 2017 foi concedido ao suíço Jacques Dubochet, ao alemão Joachim Frank e ao escocês Richard Henderson pelo desenvolvimento de métodos de microscopia que revolucionaram a bioquímica utilizando temperaturas muito baixas. Foi essa tecnologia que permitiu a visualização de estruturas do vírus da zika que, até então, não poderiam ser visíveis através de outras.

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (4) pela organização que concede o prêmio, o Instituto Karolinska, na Suécia. De acordo com o comitê do Nobel, os três cientistas foram premiados "por desenvolver a microscopia crio-eletrônica para a determinação de alta resolução das estruturas de biomoléculas em soluções".

De acordo com o comitê, graças ao trabalho dos três laureados, logo será possível obter imagens dos complexos circuitos da vida em resolução atômica - isto é, com imagens que mostram objetos na escala de átomos. "A microscopia crio-eletrônica simplifica e aprimora a obtenção de imagens de biomoléculas. Esse método levou a bioquímica para uma nova era", afirmou o comitê do Nobel.

Fonte: Correio 24Horas